sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

"Ser pai e mãe ao mesmo tempo...

No Brasil a cada ano, cerca de 20% das crianças que nascem são filhas de adolescentes, número que representa três vezes mais garotas com menos de 15 anos grávidas que na década de 70, engravidam hoje em dia (Referência).
A grande maioria dessas adolescentes não tem condições financeiras nem emocionais para assumir a maternidade e, por causa da repressão familiar, muitas delas fogem de casa e quase todas abandonam os estudos e começam por estradas erradas sofrendo muitas vezes preconceito.
“Meu namorado era do tipo bonitão, tinha dinheiro, podíamos sair e nos divertir.
Quando minha menstruação não veio, percebi que havia algo errado. Como ia contar para minha mãe? Como isso aconteceu comigo? 
Eu só tinha 16 anos e não sabia o que fazer.” 
-  Nicole.
"Com 12, parei de estudar, aos 13 
engravidei e aos 16, quando achei que tinha encontrado o rumo e o amor da minha vida, tudo virou de cabeça para baixo novamente. 
Perdi uma pessoa que amava, fiquei novamente desamparada e com mais um 
filho nos braços. pois o pai dele morreu baleado quando faltava um mês para ele nascer". - Carolina"



0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

Receba atualizações no Email.

Pesquisar sobre

Quem sou eu

Minha foto
Aos 34 anos, sagitariana com ascendente em capricórnio (discordo, mas fazer o quê?!), do Rio de Janeiro (com louca vontade de morar num lugar tranquilo), estudante de psicologia, mãe e pai da pequena Bia, de 5 anos. E esse blog fala da nossa trajetória.

Seguidores

Tecnologia do Blogger.