segunda-feira, 11 de maio de 2015

MÃE SOLTEIRA: UM RÓTULO

0 COMENTÁRIOS
Resolvi voltar ao blog para colocar apenas um pensamento que tive. Quero compartilhar uma coisa que aprendi há pouco tempo.

Nós mesmas temos que banir esse rótulo de "mãe solteira" de nossas vidas. Nós não somos mães solteiras. Somos mães e, no momento, não temos nenhum relacionamento. Não deu certo com o pai da criança, então nos separamos. Uma mulher casada, quando se separa, ela não passa a ser chamada de mãe solteira. Ela se separou, cada um foi pra o seu lado, mas ela continua sendo SÓ MÃE e não mãe solteira. Então, só porque não casamos, somos rotuladas e nos rotulamos como MÃES SOLTEIRAS? Não, isso precisa mudar, a começar de nós. Somos Mães, mas criamos nossos filhos sozinhas, porque nos separamos. Se foi uma relação de namoro, casamento, um ficante, etc, houve uma separação. Então se houve uma separação, um dia já estivemos com o pai da criança. Não existe esse estado civil: mãe solteira. Precisamos começar a mudar. Um dia, vamos encontrar alguém legal, vamos casar e vamos continuar sendo MÃES. E pronto.

MÃE É MÃE e ponto final. Seja ela solteira, divorciada, viúva, etc...

Por isso é gerado o preconceito. As pessoas tem a mãe solteira como uma mulher que está procurando um pai para seu (sua) filho (a), alguém que a ajude a sustentar. E não é assim. Nós buscamos o que toda mulher busca: Um companheiro para todas as horas, a diferença é que nós temos já uma criança de outra relação. Não necessariamente, o nosso novo companheiro vai ser o NOVO pai. Vai ser nosso namorado, marido, companheiro, etc. E, é claro, se for alguém que vale a pena, vai nos ajudar e não nos sustentar.








Então, não posicione-se como MÃE SOLTEIRA. Eu sou mãe. Mas e o pai? O pai tá bem, nosso relacionamento não deu certo e cada um foi pra seu lado. Ué, mas ele te ajuda? Não, ele preferiu não ajudar. PONTO.

Não temos que dar corda, sabe? Cada um com a sua vida!

Às vezes, sem perceber, nós mesmas nos colocamos como vítimas de um cara que não quis assumir a responsabilidade dele e sumiu. Mas muitas de nós, não nos cuidamos, não nos preservamos, não evitamos a gravidez, mesmo sabendo que aquele cara não valia nada, que aquele cara não assumiria, que aquele cara não seria um companheiro.... Ou então, muitas pensavam que o cara iria assumir sim, mas na hora ele decepcionou. Mas cá entre nós: Vamos ficar a vida toda nos lamentando por sermos mães solteiras e criarmos os filhos sozinhas ou vamos nos posicionar como MÃES que dão a vida pelos seus filhos, que batalham, que se multiplicam, se desdobram, dão amor, carinho, educação, brigam na hora que têm que brigar, brincam na hora que tem que brincar???

VOCÊ É MÃE. E, no momento, não tem um relacionamento.

Ou alguém aqui já viu uma mulher ser chamada de MÃE VIÚVA, ou mãe DIVORCIADA???

E participem do nosso Grupo no FACEBOOK: 


****

Tava com saudade de postar.... Amo blogs e o meu blog.

Beijos!

domingo, 5 de abril de 2015

No email

0 COMENTÁRIOS
Gente, desculpa. Abandonei o blog, já fiz outros 
e abandonei também.... Tenho andado numa vida corrida, 
com muitas outras atividades, mas sinto falta do meus blogs
 e das pessoas com quem mantinha contato através deles...
 Mas ainda assim, abro a caixa de emails e esterei lá 
pra compartilharmos. niviaftrindade@gmail.com

sexta-feira, 14 de junho de 2013

DESFRALDE, ENFIM!

3 COMENTÁRIOS
Ôô, inspiração, cadê você???

Nossa, demorei um zilhão de tempo pra descobrir o que eu iria postar aqui. Estou me roendo de vontade de escrever, mas não sabia sobre o quê. Minha mente anda meio angustiada com algumas coisas, meio confusa, totalmente ansiosa e, por isso, as ideias não estão em ordem pra serem transferidas para o computador.

Mas, em algum lugar por aí, vi a palavra desfralde! Xeque-mate! Vou escrever sobre isso! Afinal, quer momento mais propício??

Enfim, comecei a passar por esse processo, afinal, isso é um PROCESSO. Leva tempo. Requer paciência. Ai, aliás, que palavrinha insistente. Tudo na vida requer paciência e na minha vida então!! Aff!!

Minha menina está fazendo xixi e cocô no vaso na creche e em casa usa o penico. Mas está viciada em sentar no penico. Diz que vai fazer xixi e não faz. Aí quando levanta diz que fez cocô e xixi. Fez nada. rsrsrrss. De 2 em 2 minutos senta e fala a mesma coisa. Acho que ela está achando o máximo essa descoberta de peniquinho. E eu estou adorando a ideia de comprar menos fraldas. A creche mesmo falou que posso mandar apenas 2 por dia, uma pra dormir de tarde e outra pra vir embora e não acontecer nenhum "acidente" dentro do transporte escolar. Ela já chega da creche tirando a roupa toda.
De noite, acorda às vezes molhada e me chama: Mamãe, fez xixi. Tá molhada. Aí eu troco a fralda. 

Me dá muito orgulho ver que minha filha está se desenvolvendo tão rápido! Rápido até demais! Se acha adulta, independente. Bem que dizem que filho de sagitariano aprende ser independente cedo, querendo ou não. Porque o sagitariano é muito independente (ou pelo menos tenta ser) e cria os seus filhos pra serem menos dependentes possível.

Ela está muito inteligente. Já conta de 01 até 10 e nem fez 2 anos ainda! rsrsrrs. Que orgulho!

Às vezes dá um trabalhinho, porque faz xixi e cocô no chão e tenho que limpar correndo, porque minha querida cachorrinha adora comer o coco da minha filha, então não posso dar bobeira. Depois de limpar o chão tenho que lavar minha filhota.

Mas ainda assim, é melhor. Menos dinheiro gasto com fraldas na minha vida. Ufa! Não via a hora!

Beijos e sucesso!


sexta-feira, 24 de maio de 2013

VIAGEM DE FÉRIAS

0 COMENTÁRIOS
   

Estou tão longe do meu querido blog! Nossa! Sinto falta, realmente. Mas têm épocas que fico tão sem inspiração...

    Estamos bem, eu e minha menina levada. Estamos seguindo a vida. 
Eu estou "namorandinho" agora e tentando fazer dar certo e desejando que seja um relacionamento diferente de todos os que já tive. 
Minha menina está realmente muito levada, da breca mesmo! Vive me chamando de feia, "horrolosa", coisas da creche. Canta lek, lek, lek e muitas músicas infantis in-tei-ri-nhas! Coisas da creche também. Tá um pouco rebelde, não gosta de beijar, abraçar - só crianças, que nem precisam pedir. Minha baby cresceu, vai fazer 2 anos no mês que vem!

    Em julho/agosto estarei de férias e estou pensando em fazer uma viagem e/ou uma lipo. Meu namorado tem um filhinho de 3 anos e é pai solteiro. Minha vontade é de sair por aí levando as crianças para viajar e se divertirem...

    Sei que muitas mamães vêm por aqui, mesmo com o blog abandonado. Fico muito feliz com os comentários delas e também das pessoas que não passaram pela maternidade ainda, mas querem passar.

    Bem, o que quero de vocês, é uma ajudinha pra escolher nosso destino. Estou pensando em um local onde tenha espaço para crianças se divertirem, correrem, brincarem, tomarem banho de piscina se tiver um solzinho num desses dias da viagem... Não sei se iríamos em julho ou em agosto, porque quero também fazer um lipoaspiração, mas ainda estou pra decidir. Pode ser um hotel fazenda, uma casa, um sítio, etc. Porém, como passaremos alguns dias, existe a necessidade do local ter dormitórios, então clubes estão descartados. 
Aceito opiniões de todos os Estados do Brasil e se tiverem site para que eu possa ver fotos e tarifas, melhor ainda.
    Vocês me ajudam? Sei que posso contar com a ajudinha de vocês.
    Um grande beijo e até o próximo post.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Minha lista de blogs