terça-feira, 31 de janeiro de 2012



    Vida de mãe não é fácil, viu? E de mãe solteira é mais difícil ainda!

   Hoje levei Bia na Pediatra. Tinha levado na emergência no domingo, porque ela estava com a respiração ofegante, muita tosse com catarro, parecia uma asma. Fiquei com medo, levei. Debaixo de muita chuva, lá se foram R$40,00 de Táxi (menos 4 latas de leite).
   Hoje a mesma coisa: Muita chuva. E como eu faço com bolsa, sombrinha, Bia dormindo no colo, os pés molhados naquela água suja do Centro da Cidade? Porque aqui em casa tava um dia bonito, que não mostrava sinal de chuva, daí fui de rasteirinha. Saco! Tive que fazer hora (durante uma hora) no shopping e Bia inquieta. Como tava dando a hora da consulta, lá fui eu andando devagarzinho pra não fazer nada errado. E pensando: vida de mãe não é fácil. De mãe solteira é ainda pior! Não podia ter uma maridinho me ajudando agora?
   Bem, uma coisa que me chama a atenção toda vez que vou a pediatra, é isso, os maridos que acompanham as esposas na consulta com os babys. Acho lindo e exemplar. E claro, dá uma pontinha de inveja (pra quem não sabe, sou mãe solteira). Mas hoje não tinha nenhum. 
   Contudo, graças a Deus, Bia tá melhor. Tá sendo medicada, mas tá tossindo à beça ainda e tá dormindo mal por isso. E bem que me avisaram, é uma gripe atrás da outra! Não dá tempo de descansar!
  Saio do consultório, tenho que comprar uma sandalinha pra Bia, ela só tem uma e tá pequena no pé. Ai, Deus. Essa é linda, mas o dinheiro não dá. Tenho que achar uma mais barata e que combine com qualquer roupa, porque vai continuar tendo uma só, a que tem, já vai parar de usar. Vamos em outra loja. Tudo acima do meu orçamento. Vamos pra casa sem sandália nova. Se surgir outro dinheirinho, Bia, a gente compra, tá? O leite é a prioridade. Várias latas de leite. Cadê o papai? Podia ajudar, né? Cadê a pensão que não sai?
   E aí, chego em casa cansada, engarrafamento chato, Bia com fome, apronta mamadeira, apronta papinha pra amanhã ( agora é almoço - E - janta!!), ela chorando no carrinho porque quer dormir. Troca  a fralda, fica com ela no colo até ela querer parar de lutar com o sono e dormir (luta constante!!!), arruma a bagunça do quarto, lava a louça, termina a papinha, vê porque a cachorrinha tá chorando desesperada (deixou o bichinho de pelúcia preferido na chuva, agora ele tá molhado e ela quer porque quer e eu coloquei pra secar). Ih, tem que fazer nebulização na Bia. Só faz se tiver dormindo. 
   Ufa! Uma parada pra descansar e escrever no blog, pelo menos.

   Vida de mãe não é fácil. De mãe solteira, pior ainda.

   Agora Bia dormiu pra valer (1 da manhã), vou dormir também. Amanhã tem mais!!

5 comentários:

  1. NOSSA, JA FIZ MUITO ISSO AI TBM, QD DUDINHA NASCEU, IA EU E MINHA MAE DE ONIBUS, O PEDIATRA AINDA É O MESMO DE HOJE, FICA A QUASE 20 MINUTOS DO ONTO Q DESCIAMOS, E ELA, PESADINHA, A GENTE IA REVEZANDO...

    HOJE, COM A MILENA, TBM PASSO POR ISSO, MARIDO FICA NA LOJA, NÃO TEM COMO ME LEVAR, NÃO TENHO CARTEIRA DE MOTORISTA PQ NEM PENSO EM DIRIGIR, AS VEZES NAO DA P IRMAO, CUNHADA, ME LEVAR, MINHA MAE AGORA MORA MAIS LONGE...
    DUREZA.. ESSES DIAS, NA ULTIMA CONSULTA DELA, FUI SOZINHA DE ONIBUS, NOSSA ELA TA COM 10,6 KG, SE TA DE PÉZINHA AINDA VAI, MAIS E SE DORME, COM BOLSA, GUARDA CHUVA, MEU DEUS, CHEGUEI DESCADERADA, NÃO SENTIA OS BRAÇOS... DORMI COM DOIR NAS COSTAS.. MAS A GENTE AGUENTA, LOGO ELAS COMEÇAM A ANDAR RSRSRS

    A MILENINHA TA COM 8 MESES, E DANDO UM BAILE P DORMIR A NOITE... CHORA DEMAIS, GRITA, NADA TA BOM, ACHO Q SÃO OS DENTINHOS, JA TEM 4 GRANDINHOS E O 5° ESTA APONTANDO

    UMA LUTA RSRSRS

    BJUS P VCS DUAS

    LIH

    ResponderExcluir
  2. Hum... tb sou mãe solteira. Minha filha já tem 16 anos. Passei por situações parecidas que te vejo contando por aqui. Tb sou dessas que encarou, sem titubear essa situação. Linda tua filha...
    Vai firme! Elas são a nossa felicidade, sim. Azar de quem não está presente, nem percebendo isso e perde de conviver com a filha...! Abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Marion! Os filhos são nossa herança! Passamos por muitas dificuldades ao longo da vida, mas isso só fortalece o nosso amor por eles...

      Excluir

Receba atualizações no Email.

Pesquisar sobre

Quem sou eu

Minha foto
Aos 34 anos, sagitariana com ascendente em capricórnio (discordo, mas fazer o quê?!), do Rio de Janeiro (com louca vontade de morar num lugar tranquilo), estudante de psicologia (mas cheia de problemas de cabeça. rsrrsrsrs), mãe e pai da pequena Bia, de 5 anos. E esse blog fala da nossa trajetória, dos meus sentimentos, minhas muitas lamentações, etc.

Seguidores

Tecnologia do Blogger.