domingo, 16 de janeiro de 2011
  • Sou e sinto-me diferente.
  • Para me libertar.
  • Nem tudo na vida é bom e para reconhecermos a felicidade temos que ser infelizes.
  • Tenho medo.
  • Me sinto sozinha.
  • Apesar de tudo, sou sensível.
  • Amo.
  • Me preocupo.
  • Me magoam.
  • Magôo as pessoas.
  • Tenho saudades.
  • Me arrependo.
  • Sofro desilusões.
  • Me emociono.
  • Nem tudo acontece da maneira que devia e que eu queria que acontecesse.
E eu não gosto que me vejam chorar e prefiro ser vista como fria e insensível. Porque eu não partilho aquilo que sinto com ninguém!

2 comentários:

  1. Força aí mulher... e não sinta vergonha!
    Com o tempo vc vai ver como ser Mãe Solteira e tão bom quanto ser Mãe Casada e as vezes ainda melhor!

    ResponderExcluir
  2. Flor!!! ser mãe solteira é a coisa +++ natural do mundo!! não fique assim!!!tb sou mãe solteira e ate gosto!!!tb engravidei tomando remedio!!! tive um relacionamento de 5 anos terminei ai começei a namorar o pai da minha filha e com 05 meses de namoro fiquei gravida e desesperada. enfim depois que ela nasceu ele terminou comigo e segui minha vida e hoje a minha filha tem 4 anos e é tudo na minha vida e vivo feliz e a unica coisa que a minha filha precisa dele é o dinheiro e +++ nada!! bjsss
    Natalia (Rio de janeiro

    ResponderExcluir

Receba atualizações no Email.

Pesquisar sobre

Quem sou eu

Minha foto
Aos 34 anos, sagitariana com ascendente em capricórnio (discordo, mas fazer o quê?!), do Rio de Janeiro (com louca vontade de morar num lugar tranquilo), estudante de psicologia (mas cheia de problemas de cabeça. rsrrsrsrs), mãe e pai da pequena Bia, de 5 anos. E esse blog fala da nossa trajetória, dos meus sentimentos, minhas muitas lamentações, etc.

Seguidores

Tecnologia do Blogger.