quarta-feira, 15 de junho de 2011




Tenho pensado muito no Sr. "Pai", aliás não sei se em algum momento deixei de pensar, seja com raiva ou saudades. Escrevi mais uma carta pra ele, essa vou entregar. Amanhã, provavelmente. Não entendo mesmo porquê as pessoas viram as costas pra gente, nos esnoba, nos trata com indiferença e ainda assim nós pensamos nelas ainda com saudades, com vontade de um reencontro, com tristeza por não estar por perto. Porém, sei que vai ser difícil deixar de pensar assim com um bebê dele na barriga, ainda mais depois que nascer. Como olhar praquela criança e não lembrar de "como foi feita" e de "com quem foi feita" ??? Queria uma fórmula.


Mesmo assim, acho que não sou uma pessoa muito ajuizada. No meu juízo perfeito nem deveria querer pensar nele, muito menos falar nele e deveria considerar os sonhos que tenho com ele, como pesadelos. Como antes, que eu nem queria registrar minha filha no nome dele e nem aceitar pensão.


Enfim, passei só pra dar uma pincelada, afinal esse blog é como um diário de uma mãe/mulher.
Na sexta tenho consulta. A cesária já está marcada, mas ainda não sei a hora.
A pintura do meu quarto ainda não terminou, na verdade tá dando mais trabalho do que imaginamos. Eu pintei a parte da janela de cor lilás, amanhã vou dar outra demão, mas já tá lindo. As prateleiras já estão compradas, a janela eu pintei, a porta já foi envernizada. Não vejo a hora de colar a faixa decorativa. Linda, linda, linda!!

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

Receba atualizações no Email.

Pesquisar sobre

Quem sou eu

Minha foto
Aos 34 anos, sagitariana com ascendente em capricórnio (discordo, mas fazer o quê?!), do Rio de Janeiro (com louca vontade de morar num lugar tranquilo), estudante de psicologia (mas cheia de problemas de cabeça. rsrrsrsrs), mãe e pai da pequena Bia, de 5 anos. E esse blog fala da nossa trajetória, dos meus sentimentos, minhas muitas lamentações, etc.

Seguidores

Tecnologia do Blogger.