sexta-feira, 6 de julho de 2012
Vidinha corrida, essa minha... AMO ser mãe... Amo. Não sei o que seria de mim se minha filha não tivesse chegado na minha vida justamente na hora em que chegou, já deixei claro algumas vezes isso por aqui...
Mas confesso que tem lá suas dificuldades...

Mudei de emprego, sabem? Estava muito em dúvida se mudaria ou não; amava o meu emprego na loja de produtos personalizados, vivia naquela agitação da loja e aquilo me fazia muito bem. Aliás, o que seria melhor pra mim do que trabalhar com lembrancinhas para festas, já que tenho um sonho antigo de abrir um negócio desse ramo: lembrancinhas, decoração de festas, convites, cartão de visita, etc... Fora as cestas de café da manhã que sempre gostei de fazer... 
O que estragava na loja eram os clientes, muitos deles ignorantes.

Mas precisava ganhar mais. Precisava (preciso) estar mais tempo com minha filha, que fica muito tempo na casa da babá e longe de mim... Como sabem, sou mãe solteira, não ganho pensão e nem apoio do pai da Bia e isso faz com que eu tenha que colocar o sustento dela como prioridade na minha vida. O que eu gosto não está mais em questão... Daí resolvi aceitar a nova vaga.

Inclusive nesse momento estou escrevendo esse post sentada na cadeira da minha nova sala. É, eu tenho uma sala só pra mim e pro meu chefe, que quase nunca aparece. Sou secretaria de 2 médicos num hospital. Chique não?
Salário aumentou consideravelmente, não trabalho sábados e domingos, entro às 07:30hs e saio às 16:30hs, embora esteja sendo liberada já às 16 hs... Beleza... Por enquanto não tenho muitas funções, ainda estou pegando no tranco e aguardando ordens dos meus chefes... Enquanto isso não acontece, estou aqui no blog.

No início desse post mencionei dificuldades da vida de mãe...Deixa eu me aprofundar nesse comentário. Não queria ter mudado de emprego, embora já esteja acostumando com a ideia. Se eu não tivesse alguém para sustentar, não mudaria. Essa é a primeira dificuldade. Temos que abrir mão muitas vezes de nossos interesses para priorizar o bem-estar dos filhos. Eles é que importam.

Agora acordo às 5 da matina. Quem diria?? Eu sempre disse que nunca iria arrumar emprego que tivesse que levantar essa hora, eu que sempre gostei de dormir muito. Pois é, aí estou. Saio de casa ainda está escuro... Tudo pela minha "pretinha". Levanto, dou um cheiro nela, pra  me dar força, deixo-a na cama da vovó e vou-me embora... Em compensação, às 18 hs estou em casa, não fosse esse trânsito RIDÍCULO, chegaria antes.


Bem, pelo menos agora já me vejo mais perto de realizar alguns desejos: andar bem arrumada, ter meu cantinho, comprar o que quiser pra minha filha e o mais importante? Ser independente... Enfim...

11 comentários:

  1. Minha querida Nívia,

    É mesmo difícil esta tarefa de ser a provedora de um lar, mas você é uma menina guerreira e dará conta de tudo...e ainda vai tirar tudo isto de letra,viu?
    Muita coragem,muita garra,amiga.
    E um beijo prá você e prá sua princesinha,
    Leninha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leninha!!!! Graças a Deus, Ele me dá forças. E coloca pessoas boas no meu caminho, que me ajudam. Peço a Ele todo dia que me fortaleça e faça minha filha feliz. E que me capacite para colaborar com essa felicidade...

      Bjs e sucesso!!!

      Excluir
  2. Nivia, feliz por você, por está nessa nova fase da sua vida. Concerteza as coisas vão começar a melhorar! Sei muito bem como é isso. Um dos motivos de ter saído do meu emprego foi por causa da educação da minha Laura que estava indo por água a baixo. Graças a Deus pude concertar a educação dela nesse tempo que estive em casa. Mas assim como você vou começar meu ovo emprego daqui a 2 meses no máximo. E é justamente o tempo que meu seguro desemprego termina. No novo emprego vou ganhar mais, e com isso poder pagar uma escola boa pra Laura, que em janeiro completa 3 anos, e proporcionar os benefícios pra mim e para ela.
    Como já falei estou feliz por você!
    P.S. não pense que esqueci o presente de Bia. Vou mandar sim!!!! Bjos e boa sorte!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, que bom!! É realmente ótimo podermos dar uma boa vida para nossos filhos, com o nosso esforço. Que continuemos a sonhar, planejar e executar nossos planos, visando sempre nosso bem estar, priorizando nossos bebês. Somos fortes, do contrário, Deus criaria o homem para darem a luz e não nós. rsrsrrs
      Muitos beijos e sucesso!

      Excluir
  3. Nívia ... adorei a noticia!
    Que bom saber que já está entusiasmada com o novo emprego e que agora vai poder ficar mais perto da sua miúda.
    Você é guerreira...Faça bom proveito de seu novo emprego e que sua listinha de ano novo possa se realizar por completa...
    Bjus!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou gostando muito do novo emprego, principalmente por estar chegando mais cedo em casa e ganhar melhor. A "dieta" já começou, embora seja uma dieta a meu modo, mas já perdi 6 kg. rsrsrs Claro que tomando remédio, mas tá valendo.

      Muitos beijos pra vc! E sucesso!

      Excluir
  4. Oiee linda, adorei muito seu blog e já estou seguindo pra ti acompanhar.
    Dá uma passadinha lá no meu tbm!!
    Beijocas
    http://bafaoecia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou lá, sim, mas quando ler um post, pode comentar sobre ele, gatinha??? Bjs e sucesso!

      Excluir
  5. Nívea, achei seu blog e comecei a ler.. meu bebê nasce dentro de dois meses e tb sou mãe solteira... Ele disse que vai assumir, mas qto a mim, embora faça tudo por ele não chegamos a lugar algum... mas é a vida.. gostaria mto do seu e-mail/msn pra de repente a gente trocar umas idéias. Um grande abraço, parabéns pelo blog e mais ainda pela sua linda filha!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Simoni!! Mande-me seu email e msn, vou adorar conhecer sua história. Temos que nos dar força, uma a outra, porque realmente isso é uma barra... Não some! Bjs e sucesso!

      Excluir
  6. Parabéns pela garra!! Também sou mãe solteira e estou procurando forças pra lutar.Eu ainda moro com meus pais então eles me ajudam no que podem .Estou procurando um emprego sei que não posso escolher muito mas gostaria de um que pudesse passar mais um tempo com minha bebe.Sabe é complicado nós mulheres mudamos e vivemos em função de um anjinho que nos da completa felicidade eu não entendo como um homem pode ser tão covarde de abandonar um sorriso tão gostoso um eu te amo sincero por saidas nos fds por uma cervejinha ou até mesmo por sexo.Ser mãe vai além de tudo isso ser mãe é maior que tudo.Por ela tambem vou progredir e crescer ela não merece ter uma mãe fracassada pois somos vencedoras preciso que Deus me der forças e me ajude assumir minha posição de mulher forte. Gostei do seu blogger parabens sua filha é linda! bjus sucesso!

    ResponderExcluir

Receba atualizações no Email.

Pesquisar sobre

Quem sou eu

Minha foto
Aos 34 anos, sagitariana com ascendente em capricórnio (discordo, mas fazer o quê?!), do Rio de Janeiro (com louca vontade de morar num lugar tranquilo), estudante de psicologia (mas cheia de problemas de cabeça. rsrrsrsrs), mãe e pai da pequena Bia, de 5 anos. E esse blog fala da nossa trajetória, dos meus sentimentos, minhas muitas lamentações, etc.

Seguidores

Tecnologia do Blogger.