domingo, 12 de agosto de 2012
Andando por alguns sites, achei esse poema. Muito triste, sabe? Deu dor no peito. Mas é a realidade. 
Espero mesmo que o pai da Bia não deixe passar tanto tempo
pra ver a falta que a presença dele vai fazer a ela...



Era manhã de domingo...

A nuvem branca de crianças felizes
que se acotovelavam nos bancos da igreja,
cantavam alegres e desafinadas
hino de louvor a Jesus, ensaiado tantas vezes...
Mas você não estava lá...

Alguns anos se passaram.
Novamente eu me vi no meio de gente feliz,

cujos pais assistiam emocionados

a entrega do pseudo-diploma de colegial.
Parecíamos doutores em nossas roupas engomadas
alguns sorrisos, algumas lágrimas...
Mas você não estava lá também...

Eu segui em frente, às vezes contente
outras vezes não, faltava-me algo ao coração.
Pessoas se empenhavam em me compensar
da ausência que me doía tanto
porque sempre, em todo lugar
você não estava lá...

Fui o orgulho da minha mãe naquele clube.
Era a formatura, dessa vez de verdade,
eu terminara a faculdade, e tão feliz
desfilei meu vestido alugado, bem cortado
parecia uma rainha com meu cetro de ouro maciço
mas perdi um convite mandando a você, porque...
Você não estava lá...

Eu ia me casar... e dessa vez esperei
ansiosamente, alegre e contente
você disse que sim, que faria esse carinho pra mim...
não deu pra confiar, arrumei outro pai para o seu lugar
e foi sorte, porque eu me odiaria até a morte
se mais uma vez, tivesse me deixado enganar, porque...
Você não estava lá...

Mas mesmo assim, pai
eu fui ter com você um dia
emprestei-lhe o meu ombro
onde você chorou... 

logo eu que chorei tantas vezes sem ter o seu ombro

não escondo, foi triste, meu pai...


    Autoria: Tere Penhabe

    Santos, 15/07/2006_01:30 hs

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

Receba atualizações no Email.

Pesquisar sobre

Quem sou eu

Minha foto
Aos 34 anos, sagitariana com ascendente em capricórnio (discordo, mas fazer o quê?!), do Rio de Janeiro (com louca vontade de morar num lugar tranquilo), estudante de psicologia, mãe e pai da pequena Bia, de 5 anos. E esse blog fala da nossa trajetória.

Seguidores

Tecnologia do Blogger.