sábado, 25 de agosto de 2012
   Olá! 

   Enfim, achei uma creche. Não é a que exatamente eu queria, porque não estava nos meus planos pagar o valor que terei que pagar, afinal de contas pago a creche sozinha     (e todo o resto) e + o transporte para Bia chegar lá. Mas, enfim, se eu estiver satisfeita com o desenvolvimento e tratamento das "tias" da creche com a minha pérola preciosa, está bom.

   Nossa, andei muito procurando creches. Liguei pra umas 20, todas o olho da cara. Liguei pra minha mãe chorando, andando pela rua, já tava desnorteada. Já estava desesperançosa, na verdade. A raiva do Srº pai já estava me consumindo, andava pela rua naquele momento e me perguntando onde estaria ele, ao invés de estar me ajudando nessa empreitada. Por que eu tenho que fazer tudo sozinha? Pensar sozinha, comprar sozinha, pagar sozinha, cuidar sozinha, educar sozinha. Enfim. Fui nas últimas duas creches que sobraram perto de casa. E escolhi a mais cara. Na outra, a dona da creche tinha cara de sequestradora de crianças: uma coroa que se vestia feito menina, que nem olhava na minha cara pra me dar detalhes da creche. Gosto de olho no olho. Ainda mais quando se  trata do bem estar da parte mais importante de mim: Minha filha. Descartei.


   Gostei da creche. A "tia" me mostrou tudo, contou a história de algumas crianças, me deixou bem à vontade. Só podia ser um pouco mais barata. rsrsrrs. 
   Tinha comprado uma cadeirinha automotiva às pressas, à vista, último tostão do meu salário. Bia não senta na cadeirinha de jeito nenhum. Cai no choro. Vai ser outra coisa que vamos ter que fazer adaptação.



   Mas vou dizer uma coisa a vocês: Que fase difícil a da ADAPTAÇÃO. Como Bia corre na creche o dia todo (do jeito que eu queria), ela acha que quando chega em casa, temos que deixá-la correr à vontade também. Porém, todavia, entretanto, minha casa é muito pequena pra isso e tem coisas na cozinha que ela não pode mexer e não posso mudar de lugar, porque são da minha mãe. E vou te dizer: Minha mãe tem mania de entulho, compra e guarda um monte de coisas que não usa e também coisas velhas, o que limita mais ainda o espaço. Mas o que é que posso fazer? Não estou na minha casa, estou na dela, então não posso mudar tudo.
   Bem, o que acontece é que Bia quer ficar correndo como na creche, quer espaço  como toda criança da idade dela, mas eu tenho que impor limites... Depois que começou a ir pra creche, está muito mais pirracenta, birrenta, brigona... Eu digo a ela que não pode mexer em um certo lugar e ela cai no pranto. Tiro-a de perto do que não pode mexer, ela se joga no chão e grita.
   Sem contar que ela nunca dormiu bem, com exceção do mês em que ela começou a tomar fórmula de leite em pó, quando era recém nascida, a barriga ficava cheia e ela dormia bem. Mas foi só um mês. Depois disso, nunca mais dormiu tranquilamente. Depois que foi pra creche então, isso piorou 3 vezes mais. Sono muito agitado. Acorda de madrugada e quer levantar pra brincar. E pra pegar no sono?? Resmunga, coça o olho, esfrega a fralda no olho, tenta levantar, fecha o olho, abre o olho, deita, levanta de novo, chora... Ai, que luta... Levanto às 5 da manhã, querendo continuar na cama...
    Detalhe: Nariz escorrendo nos primeiros dias...
   Em compensação, Bia só chorou no 3 º dia. Nos dois 1ºs, entrou e foi logo brincar. Passou o dia muito bem, afinal tudo era novidade e ela gosta muito de crianças. Se comportou melhor do que esperava. Que bom, meu coração se aquietou um pouquinho.
   Vamos à 2ª semana.

   Beijos e sucesso!

6 comentários:

  1. Ei Nívea....

    Que saudade daqui...

    Estou degustando suas palavras e batalha para conseguir uma creche, e fico feliz que tenha conseguido, porque hoje em dia é algo muito delicado uma vez que várias observações devem ser priorizados, afinal como bem disse é sua pérola que confiará a outros. A Bia esta em uma fase gostosa , sensação de liberdade, quer mexer em tudo, se acha adulta, e claro não esta preparada para ouvir os "nãos" , mas como o tempo tudo se organiza, e com certeza você como uma super mãe só a lhe ensinar o que é bom . Amiga, guarde algo em teu coração , a Bia tem os teus cuidados , o teu carinho e tua responsabilidade para com ela, até que o pai não se desperte pra isto, seja você os dois, mesmo que pese as vezes, mas futuramente verás a tua semente gerando frutos de tudo que fazes por ela ....

    Beijinhos e lindo final de semana pra ti...e um beijo enorme nesta pérola que Deus lhe confiou cuidados....

    ResponderExcluir
  2. Oi menina batalhadora! Gostei das novidades, apesar de serem bem puxadas para você. Mas a vida é assim, nem tudo é uma maravilha, mas depois fica muito bom .....
    Tudo é adaptação, sua e da Bia.
    Deixe o "pai" de lado, ele só quis se divertir, não é?
    Desculpe falar assim. Mas homem que não assume filho, não merece respeito e nem que se fale no nome dele.
    Um dia sua filha vai ter um pai "adotivo" que vai amá-la muito, com certeza.
    Bola pra frente! Você merece ser feliz.
    Beijos querida.

    ResponderExcluir
  3. NIVIA AS MINHAS NUNCA FORAM PRA CRECHE, MAS CONHEÇO ESSA LUTA,P TENHO PROXIMOS QUE SEUS FILHOS VÃO

    QD AINDA SÃO BEBES, É MUITO MAIS FACIL EU ACHO... AS TIAS PEGAM LEVAM, ELES DORMEM, NAQUELA FASE QUE AINDA NÃO ANDAM RSRSR
    DEPOIS É DIFICIL MESMO
    QD A DUDA FOI PRA EMEI, COM QUASE 4 ANINHOS, ELA NAS PRIMEIRAS SEMANAS CHEGAVA PERTO DA ESCOLINHA E COMEÇA A VOMITAR NA CALÇADA, TODOS OS DIAS, EU JA ESTAVA FICANDO LOUCA, FORA QUE GRITAVA E ELES PEDEM PRA GENTE NÃO ADULAR NEH, DEIXAR LA E IR, EU VIRAVA A ESQUINA E ESCUTAVA ELA ME CHAMANDO, QUE DOR.... QUASE VOLTAVA CORRENDO E PEGAVA ELA DE VOLTA RSRSRS

    MAS É FASE, SÃO DIFICEIS MAIS PASSA

    SABE A MILENA, TA COM 1 ANO E 3 MESES, DORME BEM, MAS ASSIM, DORME, COLOCO NO BERÇO, AI ACORDA DE MADRUGADA, CHORA E ME CHAMA, EU PEGO COLOCO NA CAMA E ELA ENCOSTA NA CAMA E DORME, PARECE MAGICA, AI EU PEGO E COLOCO NO BERÇO, E ASSIM VAI, TEM NOITES QUE ELA ACORDA UMAS 4 VEZES..

    MAS ESTA MUITO ESPERTA E ARTEIRA
    MEXE EM TUDO
    SE A GENTE FALA PRA ELA NÃO MEXER ELA ABRE OS BRAÇOS BATE NAS COXAS ( TIPO POXA VIDA) FAZ BICO E VAI CAÇAR OUTRA ARTE

    QD A IRMA DELA CHORA OU FAZ BIRRA ELA GRITA COM ELA BRAVA KKKKKKK

    AFF SÓ RINDO
    RIA NIVIA, RIA QUE É MELHOR

    TENHA UM LINDO FIM DE SEMANA

    BJUS
    LIH

    ResponderExcluir
  4. Oi, Nivia!
    Poxa... Eu só posso te dizer que mãe é mãe, guerreira, batalhadora e possui um amor que pai nenhum nesse mundo, nem de longe vai sentir.
    Lendo a sua história, eu me lembrei do dia em que eu andei pelo bairro inteiro com minha filha mais nova (2 anos) no colo e o mais velho grudado em meu braço, procurando caixas para embalar minhas tralhas para a mudança, depois que o senhor "pai" saiu de casa e me deixou sem grana com um aluguel vencendo. Eu chorava e me perguntava: "onde estará ele?" Depois de vida nova, eu arrumei um emprego para nos manter, mas minha filha adoeceu e por mais de um mês eu passei dias e noites com ela no hospital e muitas vezes sozinha, no fim, acabei perdendo o emprego e mais uma vez me perguntei: "onde estará ele?"
    Apesar de tudo, das lágrimas, dos dias ruins, das dificuldades, tenho a certeza absoluta de que a felicidade verdadeira ainda está conosco! Acompanhamos cada passo de nossos filhos, cada sorriso, cada palavra nova, suas descobertas e isso é mágico. E esses pais de conveniência? O que eles terão pra guardar?

    ResponderExcluir
  5. Caroline - queria agradecer pela iniciativa do blog, descobri hoje que vou criar minha menininha sozinha e seus textos me ajudaram muito. Estava bastante nervosa e o fato de descobrir que não sou a única a passar por isso me ajuda. Obrigada

    ResponderExcluir
  6. Gente, muito obrigada por tudo... Vocês são dez!!!

    ResponderExcluir

Receba atualizações no Email.

Pesquisar sobre

Quem sou eu

Minha foto
Aos 34 anos, sagitariana com ascendente em capricórnio (discordo, mas fazer o quê?!), do Rio de Janeiro (com louca vontade de morar num lugar tranquilo), estudante de psicologia, mãe e pai da pequena Bia, de 5 anos. E esse blog fala da nossa trajetória.

Seguidores

Tecnologia do Blogger.