segunda-feira, 21 de dezembro de 2015
Olá, pessoal!! 

Temos outra participação na Página (Veja aqui) e no Blog. A amada Hayat (AMIGA e leitora) do Blog Cartas de Encorajamento respondeu à Tag Liebster Award, que a Lisandra Manfredi (http://www.lisandramanfredi.com/) me indicou e resolvi postar aqui.

Hay, feliz com a sua participação! Obrigada!!!



************

11 fatos sobre mim:

1 - Fui mãe aos 19 anos. Fui fazer o teste de gravidez na sexta feira antes do dia das mães, e quando recebi resultado, a moça do laboratório entregou o resultado, olhou para mim e disse: - feliz dia das mães!
2 - Quando minha filha completou 1 mês de nascida, completei 20 anos.
3 - Foi uma gravidez conturbada e solitária. Precisei amadurecer para enfrentar uma gravidez sozinha e depois, criar uma filha sozinha. Enfrentando preconceitos de todos os lados.
4 - Uma coisa que me incomodava no inicio da maternidade era de não ser chamada para muitas festinhas infantis. Escutei muito por minhas costas: "A bichinha! Não vai ter dinheiro para comprar o presente. Afinal, ela é sozinha par assumir todas as responsabilidades financeiras."
5 - Outra coisa na qual luto até hoje, é por eu ainda morar com meus pais, não consigo educar minha filha como eu quero. Meus pais se interrompem bastante na educação dela e estragam, me fazendo ser a vilã da historia.
6 - Eu amo ler. E tenho um grande sonho de ser uma escritora.
7 - Gosto muito de passear. Seja para um fim de semana na lagoa, ou tomar um lanche na lanchonete do bairro. Mas ultimamente prefiro ficar em casa, embaixo do lençol, assistindo a m bom filme, tomando sorvete.
8 - Em outubro de 2013 conheci um homem maravilhoso que assumiu a mim e a minha filha.
9 - Ele registrou ela em cartório dando o sobrenome dele a ela. Eles se amam tanto que nem lembram do fator sanguíneo. Ela o respeita como pai e ele a trata como filha, assim como os filhos que ele tem de outro relacionamento.
10 - Muitas pessoas me recriminam, outras me acham louca. Mas meu sonho é ser dono de casa, cuidar da minha família, cuidar da educação da minha filha... isso sem passar aperto financeiro.
11 - Antes, achei que nunca ia encontrar alguém que me aceitasse na condição de mãe em carreira solo. Pensei que nunca ia encontrar alguém que me valorizasse, me respeitasse e me amasse. E ENCONTREI.

______________________________________

Respondendo as perguntas da Nih Ferreirat:


1. Qual seu nome? Tem quantos anos? Mora em que Estado/Cidade?
2. Qual o assunto principal de seu blog? Tem FanPage? Qual?
3. Você acompanha algum canal no Youtube de algum Vlogueiro (a)? Qual?
4. Como surgem as inspirações para as suas postagens no blog?
5. Você ganha dinheiro com seu blog? Como?
6. Um sonho ainda não realizado?
7. Uma música que você ama (colocar um trechinho dela)?
8. Indique um livro que você tenha adorado ler.
9. O que mais gosta de fazer?
10. Quais são seus principais planos para 2016?
11. Poste uma selfie (De preferência tirada na hora).



1 - Meu nome é Hayat Medeiros. Se lê assim, Raiete. Há 25 anos soletro meu nome para as pessoas porque ninguém sabe escrever ou pronunciar. Moro na cidade do sol, no nordeste brasileiro, Natal, Rio Grande do Norte.
2 - Tenho um grupo público no Facebook https://www.facebook.com/groups/1423143827977604/?ref=ts&fref=ts
Mulher, Mãe, Esposa, Dona de Casa & Cristã.
3 - Não tenho blog, mas acompanho o blog da Nih a alguns anos. Foi através do blog dela que nos tornamos grandes amigas, mesmo que a distancia. http://mae-solo.blogspot.com.br/
4 - Minhas postagens no grupo do facebook, são inspiradas através das necessidades das meninas do grupo, em como educar os filhos, receitas, dicas de beleza, artesanato, e claro, atualidades. Tem varias postagens no grupo sobre o que está acontecendo no mundo e nossas opiniões sobre os assuntos.
5 - Não ganho nenhuma dinheiro na net.
6 - Tenho muitos sonhos ainda não realizados. Mas nesse momento, o meu grande sonho é casar na igreja de branco e irmos orar juntos. Sim, estou noiva!!
7 - Sou de fases, e por ser de fases, quando começo a escutar músicas de um cantor, só escuto elas. E estou num momento que só escuto Marcela Tais. Ela canta em forma de poesia.
"Muita calma nessa alma, vai ficar tudo bem. Muita cama nessa alma, lembre-se de quem você tem."
8 - Adoro ler, mas esse ano fui uma negação. Mas indico todos os livros de Max Lucado.
9 - Eu adoro ouvir música, ir ao cinema. Ou ficar de perna para o ar, deitada na cama, assistindo a um bom filme e tomando sorvete.
10 - Eu gosto de fazer aquelas listinhas de idealizações para o novo ano. Ainda não terminei de fazer minha lista. mas um desejo enorme para esse ano é comprar uma maquina de costura e aprender a costurar.
11 - Uma selfie.


_________________________________

Minhas perguntas para a Nih:

- Quais são seus planos para esse ano de 2016?

- Quero que inclua em sua lista de idealizações algo para fazer
por alguém. Para fazer alguém feliz. Por exemplo, levar ao shopping uma criança que provavelmente não teria condições nenhuma de ir e tomar um lanche.

Hay, assim que der, respondo sua pergunta e faço a listinha! Beijos!!

_____________________

E caso você, que veio nos visitar, queira participar da Tag, deixe o pedido nos comentários junto com o endereço de mail, assim que eu ler, envio o email.

6 comentários:

  1. Minha mãe me criou sozinha, solteira e sem problemas nenhum ... O preconceito ainda é grande , mas temos que lutar para mostramos que pode ser vencido.
    Muita luz e saúde para você e sua filhota nesse ano de 2016 ! beijos maite
    https://maiteaissa.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito preconceito, Maitê! Mas coloquei na minha cabeça que não devo nada a ninguém e ninguém, então vou viver e não ter a vergonha de ser feliz!!!! rsrsrrs Beijos!

      Excluir
    2. Muito preconceito, Maitê! Mas coloquei na minha cabeça que não devo nada a ninguém e ninguém, então vou viver e não ter a vergonha de ser feliz!!!! rsrsrrs Beijos!

      Excluir
  2. Olá, me identifiquei muito com sua história, eu também fui mãe com 20 anos e infelizmente existe preconceitos eu tive todo apoio da minha mãe na época e graças a Deus ela não interferia na educação que eu passava pra minha filha. Mas graças a Deus somos fortes para enfrentar qualquer tipo de preconceito. Flor lhe indiquei para responder a tag veja mais abaixo. Bjos

    http://www.tonosalto.com/2016/01/tag-de-tudo-um-pouco.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir

Receba atualizações no Email.

Pesquisar sobre

Quem sou eu

Minha foto
Aos 34 anos, sagitariana com ascendente em capricórnio (discordo, mas fazer o quê?!), do Rio de Janeiro (com louca vontade de morar num lugar tranquilo), estudante de psicologia (mas cheia de problemas de cabeça. rsrrsrsrs), mãe e pai da pequena Bia, de 5 anos. E esse blog fala da nossa trajetória, dos meus sentimentos, minhas muitas lamentações, etc.

Seguidores

Tecnologia do Blogger.